Carregando

RO – Sem Terra do Acampamento 13 de Agosto, em Alto Paraíso, têm sido atacados por policiais e pistoleiros da Fazenda Paraíso

UF: RO
Município Atingido: Alto Paraíso (RO)
Outros Municípios: Alto Paraíso (RO)
População: Trabalhadores rurais sem terra
Fonte: CPT

Síntese

De acordo com a Liga dos Camponeses Pobres (23/nov/2015), existe uma ocupação de terras conhecida como Acampamento 13 de Agosto, na Fazenda Paraíso, localizado na linha C-110, travessão B-40, município de Alto Paraíso, que têm sido atacados por policiais e pistoleiros.

Segundo os camponeses, quando tomaram a Fazenda Paraíso, ela estava abandonada, com muita capoeira, sem sede, nem curral, as poucas cabeças de gado estavam alongadas no mato. Francis Gutemberg, que se diz o dono, já explorou toda a madeira de lei, derrubou as matas ciliares do rio Jamari e juntou no processo judicial apenas um documento do Idaron e um requerimento do Terra Legal.

Os acampados denunciaram que 20 homens fortemente armados de fuzil, pistola, espingarda 12, com máscaras, roupa camuflada e colete, atiraram várias vezes contra o acampamento e trancaram porteiras em estradas fora da fazenda. Segundo o LCP, eles seriam na maioria policiais militares de Ariquemes, amigos da namorada do latifundiário Francis Gutemberg, que é agente penitenciária na mesma cidade. Um oficial de justiça esteve na área depois de denúncias de vizinhos e teria presenciado os policiais armados e fora de sua função.

Observação: Esta denúncia foi encaminhada pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e ainda não foi trabalhada por nossa equipe. Caso tenha mais informações sobre o caso, encaminhe para nós pelo “Fale Conosco”, por gentileza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *